Mastopexia X Mamoplastia de Aumento: entenda a diferença

por | maio 9, 2022 | Cirurgia Plástica, mamoplastia, Mastopexia, redução de mama | 0 Comentários

O que é Mastopexia

A mastopexia é uma cirurgia que tem como objetivo reverter a queda natural dos seios (ptose mamária), reposicionando a aréola e a pele com flacidez, elevando as mamas até sua posição original, garantindo simetria.
Outros nomes associados são: lifting de mama e mamoplastia.

Em que casos é indicada?

A mastopexia está indicada para mulheres que apresentam flacidez e queda das mamas em função do envelhecimento, grande variação do peso ou após a amamentação.

Como é a cirurgia?

A cirurgia é realizada com anestesia local com sedação ou geral e pode ser realizada com implante de silicone nos seios ou não, dependendo da quantidade de tecido mamário. Se a mama apresentar espaços vazios, o que acontece em alguns casos, é necessário o preenchimento com silicone para que seja devolvida a firmeza e a sustentação do tecido mamário atrofiado. Nos casos em que não é necessário o uso de próteses de silicone, é feita a retirada do excesso de pele e o reposicionamento do tecido mamário para dar um novo contorno à mama. Em outros casos, o cirurgião também retira gorduras ou glândulas a fim de dar aos seios um bom formato.

Como é a recuperação?

O pós-operatório para qualquer tipo de intervenção cirúrgica nas mamas é bastante semelhante. As recomendações para uma recuperação rápida e saudável incluem, seguir as orientações médicas para a retirada dos pontos; usar um sutiã adequado pelo período de 30 dias; manter os curativos por 30 dias; evitar esforços físicos por 30 dias; não dirigir e não se expor diretamente ao sol pelo período recomendado pelo médico.

 

O que é Mastoplastia de Aumento

Mastoplastia de aumento é a cirurgia para colocação de prótese mamária que é indicada para quem quer aumentar ou melhorar o contorno das mamas.

Como é a cirurgia?

A mamoplastia de aumento é uma cirurgia que permite bons resultados tanto estéticos como para a auto estima. A cirurgia permite que as cicatrizes possam ser colocadas em locais bem disfarçados. Podendo ser situadas no sulco formado entre a mama e o tórax ou na área da aréola ou até mesmo na axila. Com o decorrer do tempo as cicatrizes vão melhorando, chegando mesmo à imperceptibilidade, em certos casos.

Como é a recuperação?

A recuperação pós-operatória normalmente é rápida e quase sem dor, devendo ser restringidos os movimentos de elevação dos braços, bem como o levantamento de peso. A paciente também é orientada a não deitar sobre as mamas pelo período de 30 dias.
Caso ocorra uma gestação, geralmente não haverá interferência no resultado, já que a cirurgia é realizada habitualmente “fora do tecido mamário”.

 

Mastopexia x Mastoplastia

Flacidez e volume são as palavras que diferenciam a Mastopexia da Mastoplastia de aumento. Enquanto na mastopexia a cirurgia é feita para corrigir a flacidez incluindo na maioria dos casos a retirada do volume e excesso de pele das mamas, a mastoplastia de aumento, por sua vez, tem o objetivo de aumentar o volume mamário.

Por que as pessoas confundem os dois tipos de cirurgias?

A confusão Mastopexia X Mamoplastia se dá porque em muitos casos as duas cirurgias podem ocorrer durante o mesmo procedimento, quando é feita a correção da flacidez com a retirada do excesso de pele e a colocação de uma prótese de silicone. Mas, dependendo do objetivo da paciente podem também ocorrer em dois procedimentos para permitir melhor recuperação do corpo. Essa decisão precisa ser tomada sob orientação do cirurgião plástico que é o profissional qualificado para o exercício da atividade. Para escolher um profissional credenciado consulte o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – SBCP.

Outro motivo que também pode causar confusão é o fato de que em ambas as cirurgias, se forem feitas ao mesmo tempo ou separadas, os cuidados no pós-operatório, são muito parecidos porque as recomendações incluem:

⦁ retirar os pontos no período de 15 dias após a cirurgia;
⦁ usar um sutiã especial para sustentação durante um mês, para imobilizar a região e auxiliar na cicatrização;
⦁ permanecer com curativos por 30 dias;
⦁ evitar esforços, carregar peso e praticar exercícios físicos por 30 dias;
⦁ dirigir apenas depois de 30 dias;
⦁ evitar a exposição direta ao sol também por 30 dias.

 

DICA DE OURO

Lembre, sua saúde é o seu maior patrimônio por isso se ainda tiver dúvidas consulte um cirurgião plástico da sua confiança e que seja membro Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – SBCP e do Conselho Regional de Medicina – CRM da sua região e siga corretamente todas as orientações e recomendações dadas por ele.

Para mais informações, acesse nosso site e as redes sociais.

Cuide-se e viva bem e em harmonia com o tempo!

Cirutgia Plástica | Agendar Consulta | Clinica Athenee

 

Conteúdo revisado por: DR. AMIR EL HAJE
Cirurgião Plástico – CRM/SC 6117 – RQE 2795
Membro do Royal College of Surgeons of England
Membro da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS)
Membro da International Plastic Reconstructive and Aesthetic Surgery (IPRAS)
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)
Membro do Colégio Brasileiro de Cirurgiões

 

Fontes:

http://www2.cirurgiaplastica.org.br/
https://clinicaathenee.com.br/
https://www.facebook.com/clinicaathenee
https://www.instagram.com/clinicaathenee/
https://sbcp-sc.org.br/artigos/qual-e-diferenca-entre-mamoplastia-de-aumento-e-mastopexia
https://www.tuasaude.com
SILVA, Eliana Silva da. Mastopexia X Mamoplastia de Aumento: entenda a diferença: conteúdo de texto. Blog- Clínica Athenee, Florianópolis, v. 2, n. 5, p. 1-4, 14 abr. 2022. Mensal. Conteúdo textual.
Pesquisa efetuada em: 13 e 18 de abril de 2022.
Florianópolis-SC, 14 de abril, 2022.